Listen Live

On Air Now

North Shore Nights
North Shore Nights
7:00pm - Midnight

Current Weather

Diego Figueiredo

Após ser aclamado pelo Montreux Jazz Festival 2005 com um dos três melhores guitarristas do mundo, Diego acaba de conquistar o segundo lugar no Montreux Jazz Guitar Competition 2007 num júri presidido por George Benson. Nascido em Franca SP em 1980, aos quatro anos o pequeno Diego já fazia pose para fotos com seu violãozinho. Com seis, ganhou um bandolim que ocupava um lugar de destaque em sua casa entre os outros instrumentos. Diego brincou com vários instrumentos antes de optar pela guitarra quando tinha doze anos de idade, já tocando em teatros e bares locais, onde já se revelava na difícil arte de improvisar e harmonizar. Aos 15, dominava palcos de teatros e casas noturnas de diversos estados brasileiros, tocando solo ou acompanhado por renomados músicos. Durante alguns anos atuou em bandas de diferentes estilos, se aprimorando em áreas diversas na música. Estudou violão erudito, MPB e jazz em conservatórios de Franca, Ribeirão Preto e Tatuí. Em 1999 ganhou em primeiro lugar em guitarra na América do Sul, através de concurso, uma bolsa de estudos para Berklee College of Music onde a comissão julgadora ficou impressionada com seu estilo. Mas por outros motivos não pode desfrutar desta. Em junho de 2001, Diego Figueiredo conquistou o segundo lugar no Prêmio Visa de MPB instrumental tendo honrosos elogios do corpo de jurados. Foi finalista do Prêmio ICATU HARTFORD no Rio de Janeiro sendo dito pelos jurados, como um dos grandes guitarristas solo da atualidade. Diego tem feito parceria com o cantor e compositor Belchior em turnês pelo Brasil e exterior. Tocou também e dividiu palco ao lado de Al Di Meola, John Scofield , Yellow Jackts, Hermeto Paschoal, Geraldo Azevedo, Sebastião Tapajós, Demônios da Garoa, Vanusa, Renato Borgueti, Osvaldo Montenegro, Toquinho, Tunai, Paulinho da Viola, Nando Cordel, Edson Cordeiro, Yamandú Costa, Marco Suzano, Dominguinhos, Moraes Moreira, Amelinha, Los Hermanos, Ednardo, Zeca Baleiro, Miyazawa entre outros. Diego já se apresentou em impotantes programas de TV e Radio como: Jovens Tardes (Rede Globo), Raul Gil, Ratinho, Rony Von, Leda Nagli, EPTV, Ione, Amaury Junior, Metrópole, Jornal da cultura, All TV, Record internacional, Talentos (TV Câmara), Tv Assembléia, Tv senado, Radio CBN, Eldorado entre outros. Além de guitarrista, Diego é produtor, arranjador, orquestrador, multi-instrumentista e recentemente produziu e arranjou o álbum duplo “As varias caras de Drummond” em que Belchior musicou os poemas de Carlos Drummond de Andrade, e foi lançado pela revista CARAS. Diego já tocou em paises como: EUA, Alemanha, Inglaterra, Suécia, Bolívia, Dinamarca, Espanha, Argentina, Portugal e Suíça, se apresentando em grandes teatros, casas e festivais de jazz. Em 2001, 2002, 2003, 2005 se apresentou no La Paz Festijazz, realizado na Bolívia. Foi também convidado pelo governo de La Paz, para uma gravação (CD e DVD) e para fazer alguns shows em uma homenagem a Tom Jobim, intitulada (Jobim de los Andes). Em 2007 lançou o disco “Hojas Secas” também na Bolívia, Diego esteve em 2006 em New York onde foi convidado especial para ministrar workshop e fazer shows dentro do IAJE- International Association for Jazz Education. Foi recentemente convidado para dar um curso de musica brasileira na Universidade da Flórida na cidade de Gainsville nos EUA, onde também realizou alguns concertos. Diego Figueiredo esta fazendo shows por todo Brasil e exterior, apresentando um incrível espetáculo de sensibilidade, técnica e emoção que impressiona e contagia o publico por onde passa. É considerado hoje pela crítica especializada divulgada na imprensa um dos maiores guitarristas da atualidade. “Ele é para brilhar nos mais sofisticados palcos do mundo” (O Estado de São Paulo) por Paulo Bellinati. “É um dos maiores harmonizadores que eu já vi. É um monstro. Fico feliz de ser contemporâneo deste gênio”.(Rádio Eldorado) por Guinga. “Diego Figueiredo não é de Franca, ele é do Mundo”.(Hermeto Paschoal) “Prêmio Visa”. “Diego é uma luz para a musica brasileira”. (Belchior). “É uma revelação. Poucos guitarristas podem fazer o mesmo com tamanha segurança e imaginação. Tira um som puro e complexo como Joe Pass e Hélio Delmiro”.(Mauro Dias). “Seus arranjos percorrem trilhas inéditas e virtuosas” (Lauro Lisboa: Estadão). “Nunca vi um guitarrista tão criativo e com uma técnica tão limpa” (Roberto Menescal). “De zero a dez eu dou vinte. O guitarrista que escutar com detalhes o CD segundas intenções vai tirar uns meses de férias com certeza” (Mauricio Enhorn). “Foi a guitarra mais bem tocada que eu vi na minha vida” (Paulinho Nogueira) “Caro Diego: Escutei seu Cd “Segundas Intenções” e foi um momento Mágico. Quando eu for ao Brasil, gostaria de tocar com você” ( Pat metheny). “Diego é um músico singular” ( Al Di Meola). “ Diego foi um dos maiores monstros da guitarra que eu presenciei”( George Benson). www.diegofigueiredo.com User-contributed text is available under the Creative Commons By-SA License; additional terms may apply.